< !DOCTYPE html PUBLIC "-//W3C//DTD XHTML 1.0 Strict//EN" "http://www.w3.org/TR/xhtml1/DTD/xhtml1-strict.dtd"> https://www.facebook.com/meprotejadavidaalheia julia duarte

julia duarte

aka tristezinhadobem

insta: @julinhaduarte
www.facebook.com/artedejuliaduarte

(Todos os desenhos e textos postados aqui são autorais).
Você me criou e depois não gostou. Tirando sua alegoria fiquei invisível (eu e minha alegria). (em Casa-ateliê da Julinha)

Você me criou e depois não gostou. Tirando sua alegoria fiquei invisível (eu e minha alegria). (em Casa-ateliê da Julinha)

Apesar de você, existe eu. (em Casa-ateliê da Julinha)

Apesar de você, existe eu. (em Casa-ateliê da Julinha)

Amor (em Casa-ateliê da Julinha)

Amor (em Casa-ateliê da Julinha)

Existe um tempo cheio de tempos. (em Casa-ateliê da Julinha)

Existe um tempo cheio de tempos. (em Casa-ateliê da Julinha)

Amor que transforma sem se transformar. #tristezinhadobem (em Casa-ateliê da Julinha)

Amor que transforma sem se transformar. #tristezinhadobem (em Casa-ateliê da Julinha)

Cores para a base do capítulo &#8220;libertação&#8221; do livro Tristezinha do bem. (em Casa-ateliê da Julinha)

Cores para a base do capítulo “libertação” do livro Tristezinha do bem. (em Casa-ateliê da Julinha)

Só o vazio pode ser preenchido. (em Casa-ateliê da Julinha)

Só o vazio pode ser preenchido. (em Casa-ateliê da Julinha)

Me proteja de mim. (em Casa-ateliê da Julinha)

Me proteja de mim. (em Casa-ateliê da Julinha)

Eu acabei de acabar. (em Casa-ateliê da Julinha)

Eu acabei de acabar. (em Casa-ateliê da Julinha)

Você fala sem pensar. Eu penso sem falar. E assim nossos sonhos se cruzam, se desencontram se adivinham. A palavra dita, a palavra sentida, a palavra calada. Existe amor atrapalhado. (em Casa-ateliê da Julinha)

Você fala sem pensar. Eu penso sem falar. E assim nossos sonhos se cruzam, se desencontram se adivinham. A palavra dita, a palavra sentida, a palavra calada. Existe amor atrapalhado. (em Casa-ateliê da Julinha)